Política de privacidade

Quem somos

O endereço do website principal é: http://www.slefty.com

Que dados recolhemos e porquê os recolhemos

Comentários

Quando os visitantes deixam comentários no site, recolhemos os dados mostrados no formulário de comentários e também o endereço IP do visitante e a string do agente do usuário do navegador para ajudar na detecção de spam.

 

Media

Se fizer upload de imagens para o site, evite o upload de imagens com dados de localização incorporados (GPS EXIF) incluídos. Os visitantes do site podem baixar e extrair quaisquer dados de localização de imagens no site.

Formulários de Contacto

Cookies

Se você deixar um comentário no nosso site, você pode optar por salvar o seu nome, endereço de e-mail e site em cookies. Estes são para sua conveniência, para que você não precise preencher seus dados novamente quando deixar outro comentário. Esses cookies durarão um ano.

Se você tiver uma conta e fizer login neste site, definiremos um cookie temporário para determinar se seu navegador aceita cookies. Este cookie não contém dados pessoais e é descartado quando você fecha o navegador.

Quando fizer login, também configuraremos vários cookies para salvar suas informações de login e suas opções de exibição na tela. Os cookies de login duram dois dias e os cookies de opções de tela duram um ano. Se você selecionar “Lembrar de Mim”, seu login persistirá por duas semanas. Se você sair da sua conta, os cookies de login serão removidos.

Se você editar ou publicar um artigo, um cookie adicional será salvo no seu navegador. Este cookie não inclui dados pessoais e simplesmente indica o ID do post que você acabou de editar. Expira após 1 dia.

Conteudo de outros websites

Os artigos deste site podem incluir conteúdo incorporado (por exemplo, vídeos, imagens, artigos etc.). O conteúdo incorporado de outros sites se comporta da mesma maneira como se o visitante tivesse visitado o outro site.

Esses sites podem coletar dados sobre você, usar cookies, incorporar rastreamento adicional de terceiros e monitorar sua interação com o conteúdo incorporado, incluindo o rastreamento de sua interação com o conteúdo incorporado, se você tiver uma conta e estiver conectado ao site.

Quanto tempo guardamos os seus dados

Se você deixar um comentário, o comentário e seus metadados serão retidos indefinidamente. Isso é para que possamos reconhecer e aprovar quaisquer comentários de acompanhamento automaticamente, em vez de mantê-los em uma fila de moderação.

Para usuários que se registram no nosso site, também armazenamos as informações pessoais que eles fornecem em seu perfil de usuário. Todos os usuários podem ver, editar ou excluir suas informações pessoais a qualquer momento (exceto que não podem alterar seu nome de usuário). Administradores de sites também podem ver e editar essas informações.

Que direitos temos sobre os seus dados

Se você tiver uma conta neste site ou tiver deixado comentários, poderá solicitar o recebimento de um arquivo exportado dos dados pessoais que mantemos sobre você, incluindo quaisquer dados que você nos forneceu. Você também pode solicitar que apague quaisquer dados pessoais que tenhamos sobre você. Isso não inclui quaisquer dados que somos obrigados a manter para fins administrativos, legais ou de segurança.

Slefty
Artigos

Otimização do Layout de Produção

02-02-2021

Uma empresa de fabricação de equipamentos, que apresenta bastantes preocupações quanto à otimização da sua produção, realizou uma simulação do seu processo com o objetivo de detetar algumas dessas melhorias possíveis. A empresa teve um crescimento produtivo bastante acentuado nos últimos anos e como consequência, algum do controle e report que deveria ter sido feito ao seu processo, não foi realizado.

A empresa recebe matéria prima que transforma para a obtenção de vários tipos de equipamentos com várias características. A linha de produção encontra-se dividida em 4 grandes zonas e para cada uma dessas zonas existe um controle de tempos a realizar pelos operários. Uma das primeiras coisas detetadas, aquando da recolha de informação, foi que os dados obtidos pela recolha dos funcionários não eram coerentes com os tempos médios de realização e fabrico das peças. Assim os únicos dados recolhidos pela empresa não eram fiáveis.

Foi necessário assim recolher dados no chão de fábrica para que, em conjunto com alguns dados de gestão da empresa, fosse possível construir um modelo de simulação discreta com o máximo de realismo possível.

Para a obtenção de resultados foi tido como base o período de 1 mês, sendo realizadas várias simulações desse mesmo período para a obtenção de dados com erro inferior a 5%.

A simulação incorporou dados como:

  • Tempos de preparação, utilização, ajustes e manutenção dos vários equipamentos produtivos;
  • Tempos não úteis dos trabalhadores durante o ciclo produtivo;
  • Tempos de transporte de materiais entre pontos de processamento;

 

 

Existem vários pontos do processo produtivo, numa fase inicial do mesmo, que apresentam excesso de capacidade face a capacidade na fase final do mesmo. Isto é consequência de uma tentativa de colocar os operários a trabalhar continuamente, mesmo que seja para construir stock. O stock assim existente, nas várias fases do processo, permite que os trabalhadores apresentem níveis de ocupação superiores a 90%.

As filas de espera que limitam a capacidade do processo encontram-se sobretudo nas fases finais do mesmo. Essas fases requerem bastante mão de obra e como tal, aumentar a capacidade destas implica um risco financeiro grande da empresa. Quando se aumenta a capacidade da tarefa limitadora do processo produtivo atual, o incremento de produção é inferior a 5% e como tal existem mais do que uma zona do processo com problemas de capacidade futuras.

A quantidade de tempo gasto em transporte e manuseamento é igual ao tempo de produção, para cada peça.

 

A existência de vários pontos de stock em vários locais do processo produtivo faz com que exista um tempo anormalmente superior para o transporte e manuseamento das peças. Como cada equipamento é formado por um conjunto de várias peças, o somatório de tempo de deslocações das várias peças que forma o equipamento é aproximadamente igual ao tempo de produção desse mesmo equipamento.

Apesar dos operários terem taxas de ocupação bastante elevadas, os equipamentos apresentam taxas de ocupação inferiores a 30%. Isto acontece principalmente porque a empresa trabalha em dois turnos, 5 dias por semana, deixando espaço de aumento de produção nos seus equipamentos.

A simulação permitiu não só dar dados das várias limitações existentes no processo, do ponto de vista de aumento da capacidade produtiva, mas também informação concreta sobre os tempos não uteis que a empresa tem em transportes. Este é um caso onde uma reconfiguração de layout industrial contribuía para uma redução dos tempos de deslocação das peças e para uma maior eficiência dos operários.

Gostou deste artigo? 0
Partilhe este artigo